Depois de quase 15 anos atuando como o único portal voltado exclusivamente à informação e ao jornalismo cultural em Itapira e região, o Megaphone diz adeus. São diversos os motivos que levam a esta decisão, mas o principal deles já é bem conhecido de quem acompanhou este trabalho independente mais de perto: a ausência de apoio publicitário, inviabilizando captação de receita suficiente para cobrir ao menos os custos operacionais do projeto.

Aliado à isso, some-se o quase que total desinteresse das pessoas por informações que agregam algum valor sociocultural, bem como as mudanças nos algoritmos das redes sociais que fizeram minar a audiência do portal. E alguns calotes, surpreendente e infelizmente.

O Megaphone nasceu entre o fim de 2003 e o início de 2004 com a proposta de divulgar eventos e shows na região. Era um blog chamado Megaphone Tabloid que cresceu e virou site – o Portal Megaphone. Depois virou jornal – o Megaphone Cultural. Sempre amargando prejuízos pelo mesmo motivo: falta de investimento publicitário, afinal, notícia boa não vende.

No início de 2017, o projeto foi revitalizado e a pauta, antes mais focada em arte e cultura, passou a absorver também temas como sustentabilidade, good news, lifestyle, gastronomia, entre outros. Infelizmente, a falta de estrutura já prejudicada pelo histórico de prejuízos e a equipe reduzida para acompanhar a velocidade das informações também contribuíram para este desfecho.

Este texto é um comunicado. O site permanecerá no ar até que o domínio, que não será renovado, seja removido em definitivo. Não há o que se lamentar. O projeto foi muito importante, positivo e teve grande audiência em um determinado momento. Houve períodos de grande importância enquanto veículo de comunicação no meio cultural. Mas a forma de se consumir informação mudou. A forma de se produzir informação, também. E infelizmente, sem apoio, sem equipe, este fim já era esperado há tempos, somente sendo adiado em nome de uma paixão.

O Megaphone agradece a todos, sem distinção, que de uma forma ou de outra fizeram parte dessa história, contribuindo de alguma forma, e claro ao público que sempre o acompanhou. Um abraço a todos com votos de saúde, paz e prosperidade. Feliz vida a todos e a todas!

Comente via Facebook 😉