A Banda Sinfônica Lira Itapirense fechou mais um ano de atividades com quase 100 concertos e apresentações. O cronograma da centenária instituição musical foi concluído com os concertos especiais de Natal, totalizando exatas 96 atividades ao longo de 2017, que reuniram um público estimado de 20 mil espectadores.

O balanço inclui desde os concertos da Banda Sinfônica Lira Itapirense até as participações da corporação em eventos cívicos e religiosos, apresentações temáticas e atividades dos projetos Arte Surpresa, Escola de Música e Viva Música – este desenvolvido em parceria com as secretarias municipais de Cultura e Turismo e de Promoção Social.

O maestro Maurício Perina, diretor-artístico da Lira, avalia este ano foi um dos mais produtivos em termos artísticos para a instituição. “A agenda de dezembro foi bem apertada, pois tivemos as apresentações finais dos núcleos do Viva Música, mas tudo foi feito dentro do planejamento e, felizmente, cumprimos todos nossos compromissos ao longo de todo o ano”, comentou.

Agora, os músicos seguem em recesso até o final de janeiro, em um merecido descanso depois de tantos eventos. Já os professores retornam antes, já no início da segunda quinzena do mês, para iniciar o planejamento de 2018. De acordo com Perina, o fundamental apoio do Laboratório Cristália à Banda Lira, na forma de patrocínio por meio da Lei Rouanet, também está garantido para o novo ano.

“Essa parceria é muito importante para nossas atividades e está mantida. Mais uma vez temos que agradecer ao Cristália por confiar em nós e apoiar nosso trabalho. Também agradeço aos músicos e a toda a equipe que durante todo o ano se empenhou para que tudo corresse conforme o planejado em todas as nossas ações. Encerramos mais um ano com uma avaliação muito positiva”, frisou o maestro.

Vale lembrar que um dos destaques deste ano foi a adoção de recursos de acessibilidade oferecidos em todos os concertos do Projeto Arte Surpresa, que incluíram presença de interprete de Libras (Linguagem Brasileira de Sinais), recepcionista para auxílio a idosos, portadores de necessidades especiais e pessoas com mobilidade reduzida, além de release e programa de concerto com informações grafadas em braile para deficientes visuais e letras em tamanho ampliado para facilitar a leitura por pessoas com baixa visão. A criação do Bloco da Lira também foi novidade no início de 2017, durante o Carnaval.

A Banda Lira Itapirense tem o patrocínio do Laboratório Cristália por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet) do Ministério da Cultura do Brasil, além do apoio da Prefeitura Municipal através das secretarias de Cultura e Turismo e de Promoção Social. Mais detalhes sobre os projetos e atividades da Banda Lira podem ser acompanhados pelo site www.bandalira.org.br ou pela página oficinal no Facebook (www.facebook.com/bandaliraitapirense). A sede da instituição fica na Rua Comendador João Cintra, 41, no Centro. Informações também pelo telefone (19) 3813-3330 ou pelo e-mail contato@bandalira.org.br.

Comente via Facebook 😉