Uma cidadezinha no alto da serra, cuja vegetação intensa, quando vista de longe, a torna muito escura, dando assim origem a seu nome: Serra Negra. Assim pode ser definida a aprazível Estância Hidromineral que tem como forte o turismo de compras e rural.

Além disso, também ganhou o título de ‘Cidade da Saúde’ por conta das fontes de água mineral com poderes terapêuticos aliadas ao clima de montanha. Localizado ao lado da praça principal, e também sede da Prefeitura, o Parque das Fontes preserva duas fontes com águas medicinais. A dos Italianos e a São Carlos, cada uma com seus tratamentos específicos.

O comércio local apresenta grande variedade de produtos em lã, linha, couro, artefatos de madeira e laticínios. Tudo a um preço que deixa qualquer morador da capital de queixo caído. A Rua Coronel Pedro Penteado centraliza a maioria das lojas com os produtos de fabricação local.

Já o turismo rural oferece a visitação em propriedades que desenvolvem desde o plantio de café e cultivo de produtos orgânicos à fabricação de queijos e vinhos. A Cachoeira dos Sonhos, de propriedade particular, é aberta ao público e também entra na rota ecológica. Além da queda d’água natural e a natureza preservada, o local possui restaurante, piscinas e chalés para aluguel.

Outra atração natural é o Parque e Represa Dr. Jovino Silveira, onde está localizada a fonte Nossa Senhora de Lourdes. O local, que também funciona como estação de tratamento de água, é muito procurado para observar pássaros e fazer trilhas. O turista pode ficar despreocupado com uma estrutura de quiosques para piqueniques e churrascos, sanitários, lanchonete, pista de bocha e playground. Para recepcionar o turista, a cidade conta com uma ampla estrutura hoteleira, que pode ser comprovado através de luxuosos hotéis, como também junto ao ambiente familiar e informal dos hotéis fazenda.

Comente via Facebook 😉