Dar uma escapada para passear em locais aprazíveis sem ter que encarar longas distâncias é uma ótima opção para quem busca um pouco de sossego e lazer em meio ao cotidiano cada vez mais atribulado.

Para isso, a região do Circuito das Águas Paulista reúne alguns dos destinos preferidos de quem mora na Baixa Mogiana, na RMC (Região Metropolitana de Campinas) ou mesmo na capital paulista.

Socorro, Serra Negra e Águas de Lindóia são algumas das estâncias turísticas que mais atraem esse perfil de público. Todas essas cidades, por exemplo, ficam a menos de 200 quilômetros de distância de São Paulo. Confira os destinos e escolha o que mais te agrada, a diversão é garantida para os mais variados gostos!

1. Serra Negra

Teleférico de Serra Negra é uma das atrações da cidade (Divulgação)

O ecoturismo, estrutura hoteleira de qualidade, espaços para banhos medicinais e a variedade de malhas têm colocado a estância hidromineral de Serra Negra na lista das cidades mais visitadas do Estado de São Paulo. Localizada a 150 quilômetros da capital paulista, ela fica bem no pé da Serra da Mantiqueira e oferece clima agradável.

Os visitantes apaixonados pelo turismo ecológico também têm muito que explorar. Desde um passeio a cavalo para observar as belezas das montanhas, pesca pelos rios e lagos ou praticar trekking (caminhada em trilha) ou birdwatching (observação de pássaros) em viveiros.

2. Águas de Lindóia

Vista aérea da cidade de Águas de Lindóia, conhecida como a capital termal do Brasil (Divulgação)

Fica a exatos 188 quilômetros de São Paulo e ganhou fama como “capital termal do Brasil”. Ideal para os turistas que buscam um refúgio aconchegante, a cidade Águas de Lindóia conta com montanhas, clima agradável, além, é claro, de um dos lençóis de maior abundância de água mineral do mundo. Aliás, foi essa imensidão de água pura que atraiu os tropeiros que passavam pela região em busca de ouro. Os viajantes perceberam que as feridas dos cavalos melhoravam à medida que eles se banhavam.

3. Socorro

Em Socorro, o Parque dos Sonhos é um complexo de aventura que reúne 14 diferentes tipos de atividades (Divulgação)

O município de Socorro conserva a beleza de muitas de suas antigas construções. Aliás, história é o que não falta, a começar pelo nome que é uma homenagem à padroeira, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Pelas ruas, casarões do fim do século 19 e início do século 20 se misturam com construções modernas.

Um exemplo é o Palácio das Águias, construído em 1936 em tijolos de alvenaria, é uma réplica do Palácio do Catete, no Rio de Janeiro, e chegou a abrigar o Paço Municipal. Os banhos de cachoeiras também são excelentes, em especiais nas quedas d’água do Rancho Alegre, do Saltinho ou do Camanducaia. A cachoeira do Monjolinho abriga em seu entorno importantes parques de turismo e de esportes de aventuras.

Comente via Facebook 😉