Nem todos sabem que o nome da cidade de Holambra é a soma das iniciais de HOLanda, AMérica e BRAsil. Assim, depois de passar anos como distrito, em 1991 nasceu a cidade na região de Campinas. A beleza e diversidade das flores, aliada à forte influência da colonização holandesa na arquitetura e gastronomia local, transformaram essa aconchegante cidade num pedacinho da Holanda em terras tropicais.

A cidade também apresenta o melhor índice de segurança do país e foi eleita a 61ª melhor cidade para se morar – o que remete aos ares europeus. A vocação para a agricultura nasceu junto com a história da cidade. Localizada a 135 quilômetros de São Paulo, Holambra é famosa pelo cultivo de flores. Com aproximadamente 15 mil habitantes, sozinha ela corresponde por 80% das exportações do setor. Anualmente, entre os meses de agosto e setembro, acontece a festa temática da cidade, a Expoflora.

O calendário turístico de Holambra, porém, é repleto de atrações o ano inteiro. Como o Museu Histórico Cultural, os centros de produção e compras de flores e plantas, além do comércio de produtos típicos holandeses e de artesanato brasileiro. A arquitetura de Holambra é um charme à parte. As cores somam um ar pitoresco à arquitetura. Para ser mais preciso quanto às tradições, os moradores construíram o moinho “Povos Unidos”.

Com 38,5 metros, 9 andares e mais de 90 toneladas, ele é o maior da América Latina e uma cópia fiel aos moinhos da Holanda do Sul, de onde os primeiros colonizadores vieram. A cidade também oferece atrativo para as crianças. O público infantil pode se divertir com o Sítio Estrela do Leste Arurá. O espaço mantém um projeto de conservação e preservação do jacaré do papo amarelo. No local os visitantes entram em contato com filhotes e outros animais silvestres.

Comente via Facebook 😉