Essa é pra começar a semana com muito mais empatia e espírito solidário. Um vendedor ambulante de Montes Claros (MG) trabalhava nas ruas para vender coxinhas e suco. Desempregado e vivendo em um barracão, seu objetivo era arrecadar ao menos R$ 100 para conseguir comprar um botijão de gás de cozinha.

Contudo, fiscais da prefeitura da cidade o abordaram com a intenção de apreender os produtos. Para não perder tudo, ele começou então a distribuir os salgados aos populares que passavam pelo local. A comunidade, contudo, não aceitou os ‘presentes’ e todo mundo resolveu pagar pelas coxinhas e sucos.

O resultado foi que Leonardo Ferreira Soares foi às lagrimas, se emocionando bastante. A cena foi filmada e viralizou nas redes sociais. O caso aconteceu na última semana. “Fui somente com a intenção de fazer R$ 100, para comprar o gás e uma feirinha para casa. Com a abordagem dos fiscais, eu comecei a distribuir os salgados e sucos, mas a população não quis e começou a me pagar. Graças a Deus consegui o dinheiro que precisava”, disse, emocionado.

A apreensão seria pelo fato de que ele não tinha autorização para trabalhar no local. “Se eu tivesse dinheiro, eu teria minha padaria. Como não tenho dinheiro, tenho que ir para a rua e vender meus produtos” acrescentou o homem que há quatro anos voltou de São Paulo (SP) para Minas e até agora não conseguiu emprego fixo.

Comente via Facebook 😉